Slider

Foca Magalhães

Leo

Ator, produtor, diretor, designer, marketing planner e outras coisinhas mais. Capixaba, residiu durante 17 anos em Ouro Preto (MG) onde morou na tradicional República Arca de Noé (daí vem seu apelido – Foca), estudou engenharia civil e artes cênicas (Universidade Federal de Ouro Preto) formando-se como ator e professor de teatro.

Nessa cultural e histórica cidade mineira, teve seu estúdio de design gráfico por 10 anos e foi um dos fundadores do Grupo Resid(Ê)ncia ao lado de Julliano Mendes, grupo hoje com 18 anos. Retornando à Vitória, trabalhou em agências de publicidade como executivo de atendimento e planejamento. Após concluir seu MBA em Gestão Empresarial (FGV), foi contratado para desenvolver e implantar um projeto de e-commerce com mais de 10mil produtos. Foi coordenador de produção e mídia em campanhas estaduais e municipais. Por sua experiência em gestão e comércio eletrônico o foi convidado para gerenciar uma agência digital. Deixou esta agência para se dedicar ao teatro e a sua nova paixão: o cinema e as produções audiovisuais, sendo sócio de uma produtora por 2 anos. Paralelamente ministrou o Curso Livre de Teatro da UFES por 3 anos. Participou como ator em quatro longa-metragens do diretor Rodrigo Aragão e foi preparador de elenco do filme “Mata Negra” (lançamento em 2018). É integrante da Folgazões Companhia de Artes Cênicas desde 2010.

Em 2017, além de dividir a cena e a direção com Duílio Kuster e Lorena Lima, assumiu os projetos de Cenografia, Figurino, Maquiagem e Design Gráfico do espetáculo “A Lenda do Reino Partido”. A atuação é sua grande paixão por isso se coloca em cena nos palcos, ruas e para as câmeras (longas, curtas, publicidade), assim pode exercitar múltiplas nuances e técnicas de interpretação. Seu trabalho é focado na pesquisa da interpretação e na formação de profissionais para o teatro. Atualmente divide sua rotina entre as atividades artísticas, de produção e gestão da Folgazões, preparação de elenco para cinema/TV, direção e produção de projetos audiovisuais, projetos de marketing e design para clientes corporativos e as aulas e gestão na CENA Escola de Atores.

Lorena Lima

LORENA LIMA 04 - CENA ESCOLA DE ATORES

Nasceu em Belém do Pará, residiu dez anos em São Paulo, onde iniciou os seus primeiros contatos com o teatro aos 16 anos, e desde 1994 mora no Estado do Espírito Santo. Formou-se em atriz em 2007 pela Escola de Qualificação Profissional em Teatro, Dança e Música FAFI em Vitória/ES, e no mesmo ano fundou o Grupo Beta de Teatro juntamente com a atriz Telma Smith. Além de atriz, escritora, dramaturga, diretora, produtora cultural e educadora social, é graduanda em licenciatura em Artes Visuais na Faculdade Claretiano/ES. Lançou três obras literárias infanto-juvenil – A Menina Cão (2013), que em 2016 estreou também como espetáculo (dramaturgia e direção da autora), Os Irmãos de Papel (2014) e a Carteira Voadora (2016). Em 2017 juntamente com 14 mulheres, participou do lançamento do e-book Elas Tramam de dramaturgias femininas, com o texto Café às Quatro. No teatro atuou em vários espetáculos, com o seu Grupo, e em parceria com outros Grupos do Espírito Santo. Dentre eles Descalça? O Coração Delator (Grupo Beta de Teatro), A Lenda do Reino Partido (Grupo Folgazões)Dom Casmurro e Curupira (Grupo Z de Teatro), Credores (Grupo Boyácha), A Feira (Grupo Vira Lata de Teatro). Com artistas de outros lugares, compartilhou experiências com o Diretor e Dramaturgo Rodrigo Portella da Cia. Cortejo/RJ, Aline Ferraz Diretora/SP), Fernando Yamamoto Diretor do Grupo Clows de Shakespeare/PB, Babaya Morais – Preparadora Vocal/BH, Francesca Della Monica – Preparadora Vocal/Itália, Eduardo Tolentino do Grupo Tapa de teatro/SP, Gordo Neto do Grupo Vilavox/BA, Verônica Reis da Cia. Atores de Laura/RJ, Inês Peixoto e Lydia Del Picchia/Grupo Galpão/BH, dentre outros. No cinema, atuou no longa metragem ENTRETURNOS onde protagonizou a personagem Leia, ao lado de Luis Miranda e Milhem Cortaz (Diretor Edson Ferreira), e nos curtas Pão de Rosas (Diretora Daniela Camila), Ano Passado Eu Morri (Diretor Rodrigo Oliveira), Guerra Fria e Embaraçadas (Diretor Paulo Senna) dentre outros.

Luan Cardoso

Luan

Vive em São Paulo e é o responsável pela criação do coletivo de cinema “Quixó Produções”fundado em 2010, desde lá, já realizou mais de 30 trabalhos como Diretor de Fotografia,

dirigiu e fotografou 12 curtas, 15 clipes musicais e um documentário sobre o saudoso Cinema Belas Artes – “Cine Belas Artes – Consolação, 2423”. Como escritor, Luan tem duas publicações infanto-juvenis e uma coluna quinzenal sobre cinema no site Cine Alerta, vinculado à MTV. 

Encontram-se em fase de pós-produção, um novo documentário de longa-metragem dirigido por Luan – Summer Long – que apresenta o processo de gravação e criação de um EP colaborativo entre a banda Pernambucana Mombojó e a Francesa e vocalista da banda inglesa dos anos 90, Stereolab – Laetitia Sadier; um longa metragem de ficção, o primeiro dirigido por Luan, intitulado Ménage – que em três histórias discute a relação entre os três poderes e como se estabelece a corrupção na politica Brasileira – tudo isso misturado a elementos surreais e por fim, em processo de produção, mais um documentário de longa metragem, desta vez experimental, falando sobre mulheres em situação de risco – o projeto “Precárias e Resilientes”.  Todos os materiais tem estreia prevista para 2019.

Lula Magalhães

Lula

Produtor, cineasta e fotógrafo nascido na cidade de Recife, Pernambuco e criado na zona da Mata Sul do estado na cidade de Catende. Amante do gênero terror, produziu e dirigiu seu primeiro filme “Mandala Night Club” em 2014. O filme passou pelo Cine de Bordas do Itaú Cultural em São Paulo, Mostra Trash Internacional de Goiânia – GO e Cine Jardim em Belo Jardim – PE. Seu segundo trabalho “Invasor”, produzido em 2015, recebeu o prêmio de menção honrosa do júri no POE – Festival de Cinema Fantástico de São José dos Campos – SP. Foi selecionado para o maior festival de cinema de gênero da América Latina, o Fantaspoa em Porto Alegre – RS e também participou do renomado Cine Fantasy no Museu da Imagem e do Som em São Paulo – SP. Lula finalizou no ano passado a produção do seu oitavo curta-metragem que atualmente está em processo de finalização. Se prepara para dirigir seu primeiro longa com filmagens previstas para início de 2019. Magalhães foi palestrante por 2 anos do CONACINE – Congresso Nacional de Cinema e também elabora oficinas e mostras cinematográficas em Recife.

Rafael Gringo

Rafael

Carioca, trabalha com audiovisual desde 2008, tendo atuado em musicais, documentários, curtas, entre outras produções, incluindo participações em projetos no canal Multishow e clientes internacionais. Desde 2013 é editor-chefe da revista digital Afronte, com foco em cinema, artes e cultura, onde atua também, há cinco anos, como crítico de cinema.

EnglishFrenchGermanItalianPortugueseSpanish